Musica se associa á poésia.

terça-feira, 31 de julho de 2012

LINDO FIO DENTAL QUE TOCOU EM MINHA ALMA!


Entrei em tua casa
E sentei-me no sofá,
Trouxeste uma bebida
Que era de maracujá.

Sentas-te em minha frente
Para um bate papo legal,
Tanta coisa conversa-mos
Era o momento ideal.

De saia curta estavas
E as tuas pernas cruzas-te,
Ao veres como fiquei
Ainda mais me desafias-te.

Foste abrindo mais e mais
Enquanto meu olhar se perdia,
No interior das tuas pernas
A tua gruta aparecia.

Passas-te a perna para a ombreira do sofá
Lá estava o fio dental de cor negra transparente,
No pouco pano que tinha havia uma abertura
Só eu sei o que senti… meu coração estava doente.

Saltei para cima de ti, te beijei, apalpei
Mordisquei, chupei, esfreguei e penetrei,
Quando o caso estava consumado…

Eu estava apaixonado e deste sono recordado.
Clique aqui e escolha a sua no Site TonyGifsJavas.com.br

5 comentários:

  1. Rapaz,

    tens a alma de Ruan!

    Grande abraço

    Leila

    ResponderEliminar
  2. Belo poema.
    Sempre que venho aqui encontro escritas cheias de beleza!!!
    Abraços

    ResponderEliminar
  3. Jose, antes de tudo estou grato sempre a voce por ter comentado no meu blogue. Certamente aquele espaço esta mais elegante, depois que passaste por lá. Depois, gostaria de parabenizar-te, por esta postagem agradavel, e harmoniosa de lermos. Hum, quero lembrar-te, que maracujá, aqui no Brasil é uma fruta apreciada demasiadamente, a mesma nos fornece um suco saborossísssimo. Amei o seu texto, e tenha um bom fim de semana. Felicidades, sempre

    ResponderEliminar
  4. lindooooooooooooooooooooo
    como tudo que escreves...
    Mas hoje estou passando para lhe desejar um ótimo Dia dos Pais... parabéns extensivos para vc e todos os pais... parabenize os dos amigos que tem um..rs.Tudo de bom, fique com Deus!

    ResponderEliminar
  5. Adorei ler-te aqui Jose...
    Bjis entre sonhos e delírios

    ResponderEliminar

Meus amigos poetas e não, sejam bem vindos a este local que faz parte da minha alma. Um abraço.